Sondag, 10 November 2013

NAS GUERRAS DE DADOS OS SOLDADOS SÃO PEÕES DA INCERTEZA E MORTOS COM LEVEZA ALEATÓRIA NA HISTÓRIA SEM MEMÓRIA FUTURA DA REALEZA....NO TEU MORFEMA O PASSADO COME-SE DURO E O FUTURO ESTÁ SEGURO ANCORADO NOS DADOS DO PRESENTE QUE TE DESMENTE Ó DEMENTE CAVALGADURA DAS CUNHAS EM CUNHAL TE AVENTURAS CENTENÁRIO TAFUL SENIL DE PANO AZUL NO ANIL SEM CEITIL QUE TE ESPREITA À DIREITA DA CHIBATA MUITO GRATA NESTA ARTE QUE SÓ MARTE GANHA QUANDO JOGA OS DADOS GREGOS DUROS COMO DARDOS AOS MUROS DAS CIDADES EM APUROS COM OS MEDOS DOS FUTUROS ASSOLAPADOS...

10 Novembro, 2013 18:16
O TEU MORFEMA
É UM MONEMA DEPENDENTE
É ESTABILIDADE NUM POEMA
VIVIDO EM PROSA DEMENTE..
NO TEU MORFEMA
TERNAMENTE AFOGADO
EM ESTULTICE….
NAS PROSAS REFOGADO
NA BURRICE…….
NADA MUDAR
É CHATICE
E AFOGAR…..
DESCER AO FIM DO MUNDO
DESCER ATÉ AO FUNDO
QUAL FIO DE PRUMO
É MUDAR DE RUMO
É SALTAR
DEGAVAR
À CORDA COM O DESTINO
E LANÇAR DADOS AO DESATINO
E É ESSA A MORAL
MENINA MENINO
SER GAMA OU CABRAL
É SER FINO
É ESCAPAR À FATAL
SORTE
QUE TRAZ OS OSSOS
À COVA DA ESCURA MORTE
OSSOS QUE SÃO NOSSOS
E NÃO VOSSOS
DE CARNE VESTIDOS
RASPADA EM GEMIDOS
E POR DADOS OFENDIDOS
NAS ESQUINAS
DAS BANDEIRAS INVERTIDAS
NAS SUAS QUINAS…
QUE FAZEM INVESTIDAS
À MEMÓRIA
QUE TORCEM
E DISTORCEM
A HISTÓRIA
SOBREVIVER
AOS DADOS NO ASSALTO.
É ESQUECER
O MAR ALTO
QUÃO GRANDES FOMOS
EM ASSOMOS
SEM RESSALTO….
MELHOR SER CAVEIRA
DE ONDE A LUZ PARTE
QUE SER TRINCHEIRA
NOS DEDOS DE MARTE…..
COM SOLDADOS
MUITO DADOS
À TAL ARTE
DE DAR DADOS
COMO DARDOS
A JAVARDOS…
DE RIFÃO TORTO….
E O POVO NO DESPORTO
ACABA MORTO
OU COM SORTE
ESCAPA À MORTE
NO HOSPITAL
E MESMO ASSIS
ACABA MAL
POIS SÓ É FELIZ
NAS GUERRAS
O GAMA IMMORTAL….
NAS TERRAS
QUE CONQUISTA
A BEM OU MAL…
PASSA REVISTA
AOS DADOS
BEM SOLDADOS
FEITOS D’OSSO
QUE É NOSSO
E NÃO VOSSO…..


O TEU GOVERNO
É ALTEROSA VAGA
É NOSSO INFERNO
QUE NOS APAGA..
A NÓS INDIGNA GENTALHA
PIEGAS NA GRÃ BATALHA
QUE ASSEGURA VITÓRIA
EM VÃ MEMÓRIA
FUTURA
NUMA ALTURA
EM QUE A VENTURA
DESERTOU
E SEGURO
ARRIBOU
E NO ESCURO
ASSEGURA
QUE QUEM SE AVENTURA
NA NEGRA NOITE ESCURA.....
TUDO TEM À MÃO
DESDE QUE MAÇÃO.....

Geen opmerkings nie:

Plaas 'n opmerking